Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petróleo sobe mais de US$ 2 em Nova York por vencimento de contrato

SÃO PAULO - O contrato futuro de petróleo com vencimento em fevereiro inverteu o rumo dos negócios em Nova York e fechou com valorização, efeito atribuído ao fato de que o contrato expira hoje, o que gera operações especulativas. Os demais vencimentos fecharam com queda dos preços.

Valor Online |

Ao final dos negócios, o contrato de WTI para fevereiro foi vendido a US$ 38,74, para US$ 2,23. O vencimento de março caiu US$ 1,73, para US$ 40,84. Em Londres, o barril de Brent para março cedeu US$ 0,88, para US$ 43,62. O contrato para abril fechou a US$ 45,43, também com desvalorização de US$ 0,88.

Depois de venderem o dia todo o contrato de fevereiro, na reta final dos negócios os agentes saíram às compras a fim de cobrir posições. A arbitragem dos agentes é explicada pelo grande diferencial existente entre os papéis com vencimento em fevereiro e março, que chegou a mais US$ 6.

Esse efeito chamado "contango" é resultado da retenção do produto entre as petroleiras, na expectativa de obter um preço melhor pelo barril no futuro. Daí também a expansão das reservas americanas de óleo cru e derivados nas últimas semanas.

Para os demais contratos continua válida a percepção de demanda global menor, fortalecida por várias revisões negativas de consumo mundial feitas por grandes entidades do setor como a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), Agência Internacional de Energia (EIA) e Departamento de Energia do governo dos EUA, além de outros relatórios de grandes bancos.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG