Tamanho do texto

SÃO PAULO - A paridade do dólar em relação a outras moedas, como o euro, e o movimento das praças acionárias internacionais influenciavam em mais uma jornada as negociações com o petróleo. Os investidores ficaram sabendo nesta terça-feira de uma queda nas vendas de casas antigas nos Estados Unidos em fevereiro e se mantêm atentos ao caso da Grécia, que quer apoio dos europeus para renegociar sua dívida. Os agentes aguardam ainda o relatório sobre os estoques de óleo cru e derivados dos Estados Unidos, que será apresentado amanhã pelo Departamento de Energia do país. Minutos atrás, em Nova York, o WTI para maio tinha elevação de US$ 0,28, a US$ 81,88. O vencimento de junho estava a US$ 82,20, com acréscimo de US$ 0,23.

Em Londres, o Brent para maio subia US$ 0,23, negociado a US$ 80,77. O contrato de junho aumentava US$ 0,25, para US$ 81,14.

(Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.