Os contratos futuros de petróleo, negociados no mercado internacional, operam em alta na manhã de hoje, com a confiança estimulada pelo pacote de ajuda de US$ 700 bilhões do governo dos Estados Unidos contra a crise nos mercados financeiros. Muitos esperam que os planos dos EUA, que ainda precisam ser aprovados pelo Congresso, ajudarão a estabilizar os mercados financeiros e a resgatar a economia dos EUA de uma crise maior, e isso é favorável ao crescimento da demanda por petróleo naquele país, disse o diretor de pesquisa da Sucden Research em Londres, Michael Davies.

As preocupações quanto aos problemas no fornecimento proveniente da Nigéria e do Golfo do México também ajudam a empurrar as cotações para cima. Agências de notícias informam também, citando fontes do setor, que a Arábia Saudita reduziu sua oferta de petróleo para grandes empresas internacionais e para as refinarias americanas desde o início de setembro. O país, segundo essas fontes, estaria dessa forma respondendo à recente trajetória de recuo das cotações da matéria-prima (commodity).

Às 9h36 (de Brasília), o contrato futuro do petróleo tipo WTI de outubro, que vence hoje, avançava 1,9%, para US$ 106,54 o barril, na sessão eletrônica da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês). As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.