Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petróleo sobe, com notícias sobre furacão Ike

Os contratos futuros de petróleo, negociados no mercado internacional, operam em alta na manhã de hoje, impulsionados pelas notícias de que o furacão Ike deve emergir no Sul do Golfo do México e representar uma ameaça para a infra-estrutura de energia dos Estados Unidos na região. Analistas disseram que parte da alta é alimentada também pela precificação das expectativas dos analistas de que o próximo relatório semanal sobre os níveis dos estoques comerciais americanos, divulgado pelo Departamento de Energia dos Estados Unidos (DOE) às quartas-feiras, vai mostrar uma acentuada queda nos estoques e na taxa de ocupação das refinarias, como resultado da passagem do furacão Gustav no Golfo do México na semana passada.

Agência Estado |

Também contribui para a alta dos preços, as expectativas com relação a reunião ministerial da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), que se reúne amanhã em Viena. "Os preços subiram de forma acentuada durante a noite, com os investidores comprando em antecipação aos dados do DOE, a aproximação do poderoso furacão Ike e o encontro dos ministros da Opep amanhã", disse Peter Beutel, presidente da Cameron Hanover. "Embora muitos analistas esperem que o cartel deixe as cotas (de produção) inalteradas, vários ministros vão pedir um corte na produção e poderá haver um movimento para reduzir os níveis oficiais", acrescentou.

O foco imediato do mercado, porém, é o furacão Ike, que foi rebaixado esta manhã para a categoria dois - com ventos máximos sustentados ao redor de 165 quilômetros por hora (km/h) - ao atingir a ilha de Cuba. Segundo o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC, na sigla em inglês), Ike vai atravessar a parte central de Cuba ainda hoje e deverá emergir no Sudeste do Golfo do México na noite de amanhã.

Por volta das 8h30 (de Brasília), o contrato futuro do petróleo tipo WTI com vencimento em outubro subia 1,22% a US$ 107,53 o barril, na sessão eletrônica da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês). Em Londres, o contrato do petróleo tipo Brent com mesmo vencimento avançava 1,04% a US$ 105,17 o barril, na Bolsa Intercontinental (ICE). As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG