Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petróleo sobe, com influência do câmbio e de indicadores

SÃO PAULO - Os preços internacionais do petróleo encerraram a sessão desta quarta-feira em alta. Os investidores levaram em consideração a fraqueza do dólar diante das demais moedas, além dos dados de emprego nos EUA.

Valor Online |

SÃO PAULO - Os preços internacionais do petróleo encerraram a sessão desta quarta-feira em alta. Os investidores levaram em consideração a fraqueza do dólar diante das demais moedas, além dos dados de emprego nos EUA. A demanda pela commodity foi influenciada pela situação do mercado de trabalho. Entre fevereiro e março, o setor privado americano eliminou 23 mil postos de trabalho, a menor redução mensal desde fevereiro de 2008, apontou a ADP em nota em sua página eletrônica. Os agentes receberam ainda informações sobre os estoques de petróleo cru do nos EUA, que subiram em 2,9 milhões de barris na semana passada, para 354,2 milhões de barris. Uma semana antes, essas reservas se encontravam em 351,3 milhões de barris, segundo revelou o Departamento de Energia. Em Nova York, o vencimento de maio do WTI avançou US$ 1,39, para US$ 83,76 o barril, enquanto o de junho subiu US$ 1,41, para US$ 84,18. Em Londres, o Brent de maio ganhou US$ 1,42, para US$ 82,70 o barril, e o de junho teve alta de US$ 1,47, para US$ 83,25. (Vanessa Dezem | Valor com agências internacionais)
Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG