Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petróleo sobe a US$ 39 antes de vencimento do contrato

Os contratos futuros de petróleo voltaram a subir acima de US$ 39 por barril na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês), com o mercado concluindo que o contrato para fevereiro está excessivamente vendido (com preço excessivamente baixo). Depois de alcançarem US$ 39,55 por barril na máxima do dia, os contratos para fevereiro reduziram os ganhos, mas se mantêm entre US$ 38 e US$ 39 por barril.

Agência Estado |

Às 15h37 (de Brasília), na Nymex, os contratos de petróleo para fevereiro estavam em US$ 38,61 por barril, em alta de US$ 2,10, ou 5,72%.

O contrato para fevereiro vence no encerramento do pregão viva-voz de hoje e grande parte da atividade já foi rolada para os contratos para março, que registram uma leve baixa. No horário citado, os contratos de petróleo para março caíam US$ 0,27, ou 0,63%, para US$ 42,30 por barril.

Os preços do petróleo estão subindo firme, com os operadores buscando equilibrar suas posições nas últimas horas antes do vencimento do contrato para fevereiro. A diferença de preço entre os contratos de petróleo para fevereiro e março atingiu o auge de US$ 8,65 por barril na quinta-feira passada, baseada nas preocupações de que não existe espaço disponível de estocagem no ponto de entrega do contrato em Cushing (Oklahoma). Contudo, desde então, a diferença vem encolhendo.

O analista Phil Flynn, da Alaron Trading Corp, em Chicago, disse que os participantes estão comprando contratos de petróleo com vencimento para fevereiro e vendendo os de março.

Apesar desta recuperação de última hora, Flynn alertou que os mesmos fatores que levaram à queda dos contratos para fevereiro para US$ 32,70 por barril nesta manhã ainda podem emergir quando os contratos para março se tornarem o contrato de primeiro vencimento.

Os estoques em Cushing estão em níveis recorde, enquanto a situação econômica global continua a se deteriorar. Rússia e Ucrânia assinaram um novo acordo para transporte de gás durante o final de semana, levando à retomada do fluxo de gás russo para a Europa.

Às 15h38 (de Brasília), na ICE Futures, em Londres, os contratos de petróleo para março estavam em US$ 45,14 por barril, alta de US$ 0,66, ou 1,48%. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG