Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petróleo renova recorde e supera US$ 147 o barril

Os contratos futuros do petróleo, negociados em Londres e em Nova York, renovaram os preços recordes, diante de um cenário de oferta ainda preocupante. Na sessão eletrônica da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês), o contrato futuro do petróleo tipo WTI atingiu a máxima a US$ 147,27 o barril.

Agência Estado |

 

Em Londres, o contrato futuro com mesmo vencimento do petróleo tipo Brent também renovou o preço recorde, chegando a US$ 147,50 o barril.

Especialistas dizem que o repique de alta poderá levar o mercado a testar os US$ 150,00 o barril, após a trégua dos últimos dias, quanto o barril foi negociado a US$ 136,00. Por volta das 10h30 (de Brasília), o petróleo tipo WTI subia 3,28% para US$ 146,30 o barril na sessão regular da Nymex; o petróleo tipo Brent avançava para US$ 147,34 o barril, alta de 3,74%, em Londres.

O petróleo já abriu em alta, com investidores dando seqüência aos ganhos de ontem, diante da suspensão do cessar-fogo na Nigéria e preocupações de eventual tensão no Irã. Nesta manhã, as especulações em torno do Irã ganharam força depois de que o Jerusalém Post, citando fontes, informou que a força área de Israel faz manobras militares no espaço aéreo do Iraque, possivelmente em preparação para potencial ataque aos locais nucleares do Irã. Analistas citaram também a queda do dólar ante o euro e a perspectiva de greve de petroleiros no Brasil, na Bacia de Campos.

O padrão de comportamento do petróleo é semelhante ao do final de maio, quando os preços moveram-se em baixa por vários dias após o feriado norte-americano do Memorial Day para depois dispararem US$ 16,00 em dois dias no início de junho. Desta vez, o petróleo estabeleceu recorde no dia 3 de julho, um dia antes do feriado da Independência, e caiu nos dias seguintes. As informações são da Dow Jones.

Leia mais sobre petróleo 

Leia tudo sobre: petroleo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG