Tamanho do texto

SÃO PAULO - As operações com o petróleo transcorrem em meio às inquietações de que a demanda pelo produto será afetada pela suavização no ritmo de crescimento econômico global. Os preços seguem em baixa tanto na praça de Londres como de Nova York mesmo depois de a Royal Dutch Shell PLC confirmar em nota nesta terça-feira que militantes atacaram um trecho de um oleoduto na Nigéria na noite de ontem. Assim, instantes atrás na praça londrina, o Brent para novembro tinha baixa de US$ 3,95, saindo a US$ 90,29. O contrato de dezembro estava a US$ 91,70, com recuo de US$ 4,04.

No mercado nova-iorquino, o contrato de WTI para outubro cedia US$ 3,91, cotado a US$ 91,80, e o vencimento de novembro era transacionado a US$ 93,60, com diminuição de US$ 2,09.

"(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)"