SÃO PAULO - Os investidores nos mercados de petróleo consideram novamente a chance de que a demanda por combustíveis deve abrandar por causa da debilidade da economia. Os agentes examinam novamente dados sobre os estoques de energia dos Estados Unidos, anunciados ontem. Os estoques de óleo cru caíram na semana passada, contrariando a expectativa de muitos agentes, que era de recomposição.

As reservas americanas de destilados também encolheram, mas as de gasolina aumentaram em 1,1 milhão de barris.

Em Nova York, o WTI com entrega para março diminuía US$ 1,28, saindo a US$ 38,20. O vencimento de abril recuava US$ 1,38, para US$ 38,80.

Em Londres, o Brent para abril cedia US$ 1,32, a US$ 40,67. O contrato de maio estava a US$ 41,93, com queda de 1,35%.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.