Tamanho do texto

NOVA YORK (Reuters) - Os futuros do petróleo nos Estados Unidos tiveram nesta quinta-feira o maior ganho percentual em três semanas impulsionados pela alta em Wall Street com o otimismo de que as ações acertadas por líderes mundiais na cúpula do G20, em Londres, possam restabelecer o crescimento econômico global. O dólar recuou frente ao euro após o Banco Central Europeu decidir por um corte nas taxas de juros menor que esperada, fazendo de commodities como o petróleo mais atrativas aos investidores.

"A atual alta no mercado de petróleo está associada a algum otimismo e expectativas criadas na cúpula do G20 em Londres. No entanto, as altas no preço do petróleo atuais não estão baseadas em fundamentos, enquanto a demanda mundial continua pobre e os estoques em alta", disse Kyle Cooper, diretora de pesquisa da IAF Advisors em Houston.

Na Nymex, o petróleo para entrega em maio subiu 4,25 dólares, ou 8,78 por cento, a 52,64 dólares por barril. Foi a maior alta percentual desde o dia 12 de março, quando a commodity teve ganhos de 11,1%.

Em Londres, o petróleo Brent para entrega em maio subiu 4,31 dólares, ou 8,9 por cento, a 52,75 dólares por barril.

(Reportagem de Gene Ramos e Robert Gibbons)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.