Tamanho do texto

NOVA YORK (Reuters) - Os futuros do petróleo fecharam em queda pela terceira sessão consecutiva nesta sexta-feira, com analistas afirmando que, apesar da aprovação do pacote financeiro pela Câmara dos Deputados, as perspectivas de longo prazo para a demanda ainda são incertas. Na Nymex, o contrato novembro recuou 0,09 dólar, ou 0,1 por cento, a 93,88 dólares por barril, após ter sido negociado entre 91,30 e 96,03 dólares.

"Obviamente, nós sabemos que o cenário da demanda é a grande dúvida neste momento. Isto irá trazer a demanda de volta? Nós não sabemos, levará tempo para vermos isto", disse Tom Bentz, analista do BNP Paribas Commodity Futures.

Os preços do petróleo caíram numa reação inicial à votação da Câmara, à medida que investidores estavam no modo "compra em rumores e venda de fato".

Os preços oscilaram bastante durante a sessão, antes de fecharem em leve queda.

O presidente norte-americano, George W. Bush, sancionou rapidamente o projeto aprovado pela Câmara.

Em Londres, o petróleo Brent perdeu 0,31 dólar, ou 0,34 por cento, para fechar em 90,25 dólares por barril, sendo negociado entre 88 e 92,46 dólares.

(Reportagem de Robert Gibbons)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.