Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petróleo nos EUA fecha em novo recorde antes de feriado

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo fecharam com recorde nesta quinta-feira, mas abaixo da máxima intradia perto de 146 dólares por barril, com o dólar subindo frente ao euro. O volume de negócios foi pequeno, um dia antes das bolsas norte-americanas pararem para o feriado do Dia da Independência, afirmaram operadores.

Reuters |

Na Nymex, o contrato agosto fechou em alta de 1,72 dólar, ou 1,2 por cento, com o recorde de 145,29 dólares por barril, após ser negociado entre 143,22 e a nova máxima intradia a 145,85 dólares.

O recorde seguiu-se às altas de quarta-feira, quando recordes foram atingidos após dados dos estoques nos Estados Unidos mostrarem uma queda maior do que esperada.

O petróleo nos EUA atingiu um recorde em cinco das últimas seis sessões. Os preços já acumulam alta de 51,4 por cento neste ano e 103 por cento em 12 meses.

'Ajuste de posição na véspera do Dia da Independência pode ter limitado o avanço do petróleo', disse Tim Evans, analista do Citi Futures Perspective.

O banco de investimento Morgan Stanley previu em 6 de junho que os futuros do petróleo atingiriam 150 dólares até 4 de julho.

Em Londres, o petróleo tipo Brent fechou em alta de 1,82 dólar, ou 1,26 por cento, no recorde a 146,08 dólares por barril, sendo negociado entre 144,18 e 146,69 dólares, nova máxima histórica intradia.

(Reportagem de Gene Ramos e Robert Gibbons)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG