NOVA YORK (Reuters) - Os futuros do petróleo bruto negociados nos Estados Unidos fecharam em queda pelo quarto dia consecutivo com as preocupações com a demanda ofuscando os dados que mostraram que os estoques de petróleo e de produtos refinados caíram inesperadamente na semana passada. Os preços caíram apesar dos sinais de que a Opep tomará medidas para cortar a produção novamente em sua reunião no dia 17 de dezembro.

"As altas com os dados da AIE foram claramente insustentáveis", disse Tom Knight, trader da Truman Arnold.

"Apesar da diminuição do estoque, a demanda pelos produtos de petróleo continua fraca", acrescentou.

Na Nymex, o contrato janeiro caiu 17 centavos, ou 0,36 por cento, para 46,79 dólares por barril, menor valor desde o fechamento de 9 de fevereiro de 2005, que foi de 45,46 dólares. Os futuros foram negociados entre 46,26 e 48,10 dólares.

Em Londres, o contrato janeiro do petróleo Brent fechou inalterado a 45,44 dólares o barril, após ter sido negociado entre 44,87 dólares, menor valor desde os 44,65 dólares de 14 de fevereiro de 2005, e 46,59 dólares.

(Reportagem de Gene Ramos e Robert Gibbons)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.