Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petróleo nos EUA fecha em alta de 10% com dólar fraco e Opep

NOVA YORK (Reuters) - Os futuros do petróleo bruto negociados em Nova York tiveram alta de mais de 10 por cento nesta quinta-feira, com o enfraquecimento do dólar frente ao euro, e com os investidores se aproveitando das notícias de que o principal exportador da commodity, a Arábia Saudita, cumpriu sua meta da Opep no mês passado. Na Nymex, o contrato janeiro subiu 4,46 dólares, ou 10,25 por cento, para 47,98 dólares o barril, sendo negociado entre 43,28 e 49,12 dólares, maior valor desde o dia 2 de dezembro, quando os preços chegaram a 50,25 dólares.

Reuters |

Em Londres, o contrato janeiro do petróleo Brent teve alta de 4,99 dólares ou 11,77 por cento, para 47,39 dólares o barril, sendo negociado entre 42 e 48,36 dólares.

Uma previsão da Agência Internacional de Energia de que o crescimento da demanda mundial por petróleo continuará em 2009 e as expectativas de que a Opep cortará a oferta ainda mais em seu encontro no dia 17 de dezembro na Argélia ajudaram na alta dos preços.

"Estou esperando que a Opep decida por um corte entre 1,5 milhão de barris e 2,0 milhões de barris por dia -- isso e o fato de que o dólar enfraqueceu de novo sustentaram a alta do petróleo hoje", disse Mark Waggoner, presidente da Excel Futures.

"Estamos começando a ver o verdadeiro motor para levantar os preços do petróleo -- cortes na produção da Opep -- e parece provável que cortarão mais na reunião da semana que vem", disse Tim Evans, analista da Citi Futures Perspective.

"Também no cenário está a Rússia falando sobre uma possível coordenação com a Opep que poderá ser altista se realmente acontecer".

(Reportagem de Gene Ramos e Robert Gibbons)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG