NOVA YORK (Reuters) - Os futuros do petróleo nos Estados Unidos encerraram com uma forte queda nesta quarta-feira, reagindo a dados que mostraram uma alta maior que esperada nos estoques norte-americanos da commodity na semana passada e à alta do dólar frente a outras moedas com temores sobre dívidas na zona do euro. Com os relatórios sobre estoques da indústria e do governo em mãos, traders procuraram o dólar para orientação, e este subiu com temores sobre Portugal, cujo rating de crédito foi rebaixado pela Fitch Ratings, somando-se a temores sobre dívida e crescimento nos menores países da zona do euro.

A Administração de Informação de Energia dos EUA confirmou a alta de mais de 7 milhões de barris nos estoques domésticos de petróleo apontada pelo relatório do Instituto Americano de Petróleo, divulgado na véspera.

A AIE indicou uma queda maior que esperada de 2,4 milhões de barris nas reservas de derivados e baixa de 2,7 milhões de barris nos estoques de gasolina.

Na Nymex, o contrato maio caiu 1,30 dólar, ou 1,6 por cento, para 80,61 dólares por barril.

Em Londres, o contrato maio do Brent caiu 1,08 dólar, ou 1,34 por cento, para 79,62 dólares por barril.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.