Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petróleo fecha em queda de mais de 8% apesar de corte da Opep

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo fecharam em queda de mais de 8 por cento nesta quarta-feira, operando abaixo de 40 dólares por barril durante o dia apesar do maior corte da história da Opep que foi pouco considerável pelo mercado. Na Nymex, o contrato janeiro caiu 3,54 dólares, ou 8,12 por cento, para fechar a 40,06 dólares por barril, o menor desde o fechamento de 13 de julho de 2004. Após ser negociado entre 39,88 e 45,50 dólares.

Reuters |

Em Londres, o petróleo tipo Brent caiu 1,12 dólar para fechar a 45,53 dólares por barril, sendo negociado entre 45,30 e 48,91 dólares.

Um relatório sobre os estoques do governo mostra que as reservas de petróleo e de produtos refinados saltaram na última semana ajudando a pressionar os preços do petróleo, que caíram apesar da forte queda do dólar.

"A mínima de hoje... frente a uma decisão aparentemente agressiva da Opep e um enfraquecimento dramático do dólar reforçam nossa opinião que o petróleo no curto prazo pode cair até mínimas na área de 30 dólares", afirmou Jim Ritterbusch, presidente da Ritterbusch & Associates.

As reservas de petróleo saltaram 500 mil barris para 321,3 milhões de barris na última semana, 26,5 milhões de barris a mais do que o mesmo período no último ano, afirmou a Administração de Informações de Energia.

(Reportagem de Robert Gibbons)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG