NOVA YORK (Reuters) - Os futuros do petróleo nos Estados Unidos caíram quase 2 por cento nesta terça-feira, em meio à piora na confiança do consumidor e à valorização do dólar frente a outras moedas.

Os futuros encerraram uma série de cinco altas seguidas.

Os preços da gasolina, que deram um grande suporte às altas recentes do petróleo, caíram com notícias de que uma greve de uma semana da Total pode chegar ao fim, com uma assembleia dos trabalhadores agendada para quarta-feira.

Os futuros de óleo para aquecimento também tiveram desvalorização, caindo com o resto do mercado de energia.

Traders se prepararam para o relatório semanal de estoques norte-americanos de petróleo.

Pesquisa Reuters com analistas apontou expectativa de alta de 2 milhões de barris de petróleo na semana passada. O levantamento também prevê queda nas reservas de derivados e alta nos estoques de gasolina.

"O dólar está muito em alta contra uma cesta de moedas e o mercado de ações está caindo com confiança do consumidor mais fraca", disse Mark Waggoner, presidente da Excel Futures, na Califórnia.

Na Nymex, o contrato abril caiu 1,45 dólar, ou 1,81 por cento, para 78,86 dólares por barril.

Em Londres, o contrato abril do Brent caiu 1,36 dólar, ou 1,73 por cento, para 77,25 dólares por barril.

(Reportagem de Gene Ramos e Robert Gibbons)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.