Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petróleo fecha em baixa com cenário econômico ruim

Os preços do petróleo fecharam em baixa pela primeira vez este ano na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês), com o mercado fazendo uma pausa para avaliar se os preços podem continuar a subir diante de um severo declínio econômico, segundo operadores e analistas. Na Nymex, os contratos futuros de petróleo com entrega em fevereiro caíram US$ 0,23, ou 0,47%, e fecharam a US$ 48,58 por barril.

Agência Estado |

Incluindo as transações do sistema eletrônico Globex, a mínima foi de US$ 47,60 e a máxima de US$ 50,47.

Os futuros de petróleo fizeram uma pausa depois de acumularem um ganho de 25% nas três sessões anteriores, em um movimento orientado pelos investidores que acreditam que o pior do declínio econômico global já havia sido precificado no mercado. Contudo, nesta terça-feira, o Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) divulgou a ata do seu último encontro de política monetária - realizado em dezembro - que esfriou aquela suposição, ao revelar que a equipe do banco central prevê uma contração da economia dos EUA em 2009, com aumento "significativo" do desemprego.

Contudo, as perdas foram limitadas pela disputa em andamento entre a Rússia e a Ucrânia sobre o preço do gás natural, que levou ao corte no fornecimento de gás russo para o país vizinho e que está afetando o abastecimento aos países do sul e centro da Europa. Vários países já começaram a converter os complexos de energia e sistemas de aquecimento para serem alimentados por óleo combustível no lugar do gás.

Por isso, os preços do óleo para aquecimento registraram a maior alta entre o complexo de energia na Nymex, com os contratos para entrega em fevereiro subindo US$ 0,050, ou 3,17%, para US$ 1,626 por galão.

O mercado também acompanha de perto a ofensiva de Israel em Gaza, embora a probabilidade de que o conflito possa afetar a produção de petróleo no Oriente Médio seja remota. Na ICE Futures, em Londres, os contratos de petróleo Brent para fevereiro fecharam a US$ 50,53 por barril, em alta de US$ 0,91, ou 1,83%. A mínima foi de US$ 48,60 e a máxima de US$ 52,21. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG