Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petróleo fecha em alta em Nova York com queda dos estoques de gasolina nos EUA

Os preços do petróleo fecharam em alta nesta quarta-feira em Nova York, com o mercado reagindo mais à queda contínua dos estoques de gasolina nos Estados Unidos do que à reconstituição espetacular dos estoques de bruto.

AFP |

No New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril de 'light sweet' para entrega em setembro fechou em 114,98 dólares, um aumento de 45 centavos em relação ao fechamento de terça-feira.

Em Londres, o Brent do Mar do Norte para entrega em outubro também ganhou 45 centavos, fechando em 114,36 dólares.

Os preços estavam altos no início da sessão, mas diminuíram muito depois da publicação do relatório semanal do departamento americano da Energia (DoE) sobre os estoques de petróleo nos Estados Unidos, maior consumidor mundial de ouro negro.

Porém, eles aumentaram novamente no fim da sessão.

"Houve um contraste muito grande: por um lado, os estoques de bruto aumentaram muito mais que o esperado, e por outro lado, os estoques de gasolina caíram mais do que o previsto", resumiu Andy Lipow, da Lipow Oil Associates.

Segundo o DoE, os estoques de gasolina registraram uma queda de 6,2 milhões de barris, enquanto os analistas previam um recuo de apenas 2,4 milhões de barris.

A queda dos estoques se deve a uma nítida redução das importações de gasolina, que caíram para 800.000 barris por dia, contra 1,2 milhão na mesma época do ano passado, destacou Lipow.

Ao contrário, as reservas de bruto subiram 9,4 milhões de barris, para 305,9 milhões de barris, durante a semana encerrada em 15 de agosto. Esta reconstituição, a maior dos sete últimos anos, é bem mais importante que a progressão de 800.000 barris antecipada pelos analistas.

gmo/yw

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG