Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petróleo fecha em alta em Nova York, após nove pregões de queda

Os preços do petróleo subiram nesta sexta-feira, após nove pregões consecutivos de queda, em uma sessão de poucos negócios devido ao feriado do Natal e marcada pela decisão dos Emirados Árabes Unidos de reduzir sua produção para se adequar às cotas da Opep.

AFP |

No New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril do "light sweet crude" para entrega em fevereiro fechou a 37,71 dólares, em alta de 2,36 dólares sobre quarta-feira.

O barril do Brent fechou em Londres a 38,37 dólares, em alta de 1,76 dólar.

Os Emirados Árabes Unidos decidiram se unir aos sauditas e acatar a redução das cotas de produção impostas pela Opep, "e o mercado se beneficiou deste sinal positivo", disse Mike Fitzpatrick, da MF Global.

Estes dois países são os principais produtores de petróleo da Opep.

"Apesar de ser um dos cortes mais severos já anunciados pelo cartel, as tentativas passadas mostraram que a adesão não passa de 80%", explicou Mike Fitzpatrick.

"A medida em que o mercado recebeu estas informações sobre a redução da produção da Opep, ocorreu uma certa reação", destacou James Williams, da WTRG Economics.

Mas os investidores ainda estão muito céticos sobre a capacidade do cartel de efetivamente aplicar as reduções previstas, e permanecem atentos, já que os três últimos cortes anunciados pelo cartel não conseguiram segurar os preços do barril de petróleo, em queda livre desde julho passado.

Mesmo que o mercado acredite na capacidade da Opep de aplicar suas novas cotas, a preocupação seguirá sobre se a recessão econômica não será maior que a redução adotada pelo cartel, disse James Williams.

mla/LR

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG