Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petróleo fecha abaixo de 60 dólares em um mercado deprimido pela economia

Os preços do petróleo perderam mais de três dólares nesta terça-feira em Nova York depois de duas sessões de leve alta, afetados pela depressão dos mercados financeiros e pela preocupação dos investidores com a economia mundial.

AFP |

No New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril de 'light sweet' para entrega em dezembro fechou em 59,33 dólares, perdendo 3,08 dólares em relação ao fechamento de segunda-feira.

Em Londres, o barril de Brent do Mar do Norte perdeu 3,37 dólares, fechando em 55,71 dólares.

O barril de 'light sweet' chegou a cair para 58,32 dólares durante a sessão desta terça-feira, um nível inédito desde o dia 21 de março de 2007. Pouco antes, o barril de Brent voltara a um preço nunca atingido desde o dia 30 de janeiro de 2007, ficando em 54,92 dólares.

Em relação a seus recordes de 11 de julho (147,50 dólares em Londres e 147,27 em Nova York), os preços do petróleo caíram mais de 60%.

As Bolsas registraram mais uma forte queda nesta terça-feira em toda a Europa, e Wall Street estava caindo pouco antes do fechamento.

Os investidores estão preocupados com a demanda de petróleo, em uma economia mundial em forte desaceleração.

Estas preocupações deverão se concretizar no relatório semanal do departamento americano da Energia, publicado na quarta-feira e que, segundo analistas, mostrará novamente um aumento das reservas dos produtos derivados do petróleo.

"Os preços continuarão sob pressão nos próximos seis ou oito meses. Eles estão sob a influência das Bolsas, que ficarão sob pressão até que uma solução a crise do crédito seja encontrada", explicou, por sua vez, Andy Lipow, da Lipow Oil Associates.

mla/yw

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG