Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petróleo faz Bolsas de Nova York abrirem em alta

As Bolsas de Nova York abriram em alta nesta terça-feira, refletindo a reação dos investidores à queda acentuada do petróleo, antes do anúncio da decisão do Comitê de Mercado Aberto (Fomc) do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos). A preocupação com o enfraquecimento da demanda faz com que a o petróleo seja negociada abaixo dos US$ 120 por barril em Londres e Nova York.

Agência Estado |

Às 10h40 (de Brasília), o índice Dow Jones subia 1,07%; o Nasdaq 100 tinha alta de 0,96% e o S&P 500 registrava elevação de 0,78%. No mesmo horário, o petróleo para setembro na Nymex eletrônica caía 1,10%, a US$ 120,06 o barril.

O Fomc anuncia sua decisão de política monetária às 15h15 (de Brasília) e a expectativa é de que a taxa básica de juros dos Estados Unidos será mantida em 2,0%. Além da decisão do Fed, a agenda conta com o índice de gerentes de compra sobre a atividade no setor de serviços dos EUA (ISM) em julho, às 11h (também de Brasília).

No âmbito corporativo, a Procter & Gamble anunciou salto de 33% no lucro líquido do quarto trimestre fiscal, para US$ 3,02 bilhões, impulsionado pelas elevações nos preços de diversos produtos e por medidas de economia de gastos, que compensaram a alta das matérias-primas (commodities). Mas a fabricante das fraldas Pampers espera que os custos de matérias-primas no novo ano fiscal fiquem US$ 3 bilhões mais caros do que no ano anterior, prejudicando as margens de lucro.

A Archer Daniels Midland informou que as vendas subiram no quarto trimestre fiscal por conta do fortalecimento das commodities, embora os lucros da gigante do agronegócio não tenham mantido o mesmo ritmo. Já a Anadarko Petroleum registrou queda de 98% no lucro líquido do segundo trimestre, ao registrar perdas de US$ 1,6 bilhão em contratos de derivativos. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: wall street

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG