Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petróleo em NY sobe com clima frio nos EUA e corte saudita

Por Rebekah Kebede NOVA YORK (Reuters) - Os futuros do petróleo negociados em Nova York encerraram em alta nesta terça-feira, impulsionados pelo tempo frio nos Estados Unidos e comentários de uma autoridade da Arábia Saudita sobre uma profunda redução na produção do reino.

Reuters |

As notícias compensaram um relatório da Administração de Informação de Energia, que revisou para baixo a expectativa da demanda global para 2009.

Na Nymex, os contratos do petróleo fecharam a 37,78 dólares o barril, com alta de 0,19 dólar, abaixo da máxima da sessão de 39,50 dólares por barril.

O petróleo Brent com vencimento em fevereiro encerrou em alta de 1,92 dólar, para 44,83 dólares por barril.

O ministro do Petróleo da Arábia Saudita, Ali al-Naimi, disse nesta terça-feira que o seu país, o maior exportador de petróleo do mundo, deve produzir abaixo da meta de produção da Opep de 8,05 milhões de barris em fevereiro.

"Se há necessidade de fazer mais, faremos, porque nossa intenção é trazer as coisas a um equilíbrio", disse Naimi.

"Veremos e analisaremos se precisamos fazer mais. Se precisar, faremos, se os estoques continuarem crescendo, nós vamos reduzir.

"Temos retirado --a Arábia Saudita sozinha-- 1,7 milhão de barris (do mercado)", ele disse.

(Reportagem adicional de Gene Ramos)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG