Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petróleo e Wall Street levam bolsas asiáticas para cima

A maior parte das bolsas asiáticas pegou carona nos sinais vindos de Wall Street. Com exceção da China, onde aumentam as preocupações com o crescimento mais lento da economia, os principais mercados da região recuperaram os ânimos e fecharam em alta.

Agência Estado |

 

A cotação do petróleo também influenciou os negócios. Na Bolsa de Hong Kong, apesar dos fatores positivos que elevaram o mercado, traders disseram que as perspectivas para a economia americana permanecem incertas e ainda há preocupações sobre novo aperto de crédito na China. O índice Hang Seng subiu 2,41% e fechou aos 21.734,72 pontos.

Nas Bolsas da China, a preocupação com a desaceleração da economia local ofuscou a animação vinda de Wall Street e o do preço do petróleo. O índice Xangai Composto caiu 0,8% e fechou aos 2.684,78 pontos. O Shenzhen Composto caiu 0,9% e fechou aos 800,46 pontos. Yuan - A recuperação do dólar ante o euro e o iene e a forte demanda pela moeda americana por parte por importadores de petróleo levaram o yuan a acentuada queda ante a divisa dos EUA. No mercado de balcão, o dólar encerrou cotado em 6,8213 yuans, acima dos 6,8113 yuans da última cotação de quarta-feira.

Na Coréia do Sul, ajudado pela queda dos preços do petróleo, o índice Kospi da Bolsa de Seul subiu 1,2%, fechando aos 1.525,56 pontos. Em Taiwan o mercado também foi animado com a decisão do governo local de impulsionar a economia reduzindo as restrições aos investimentos na China. O índice Taiwan Weighted da Bolsa de Taipé subiu 3,9% e fechou aos 6.974,51 pontos. Nas Filipinas o mercado acompanhou Wall Street e fechou em alta, mas o volume de negócios continua tímido. O índice PSE Composto da Bolsa de Manila subiu 0,8% e fechou aos 2.393,62 pontos. Na Austrália o mercado teve um dia de alta moderada, em que ganhos no setor de bancos foram contrabalançados por perdas na área de mineração. O índice S&P/ASX 200 da Bolsa de Sydney subiu 0,6% e fechou aos 4.901 pontos. As ações mineradora BHP caíram 4,4%.

A Bolsa de Cingapura teve alta pelo segundo dia seguido. O índice Strait Times subiu 1,0% e fechou aos 2.864,10 pontos. Na Bolsa da Indonésia, as ações caíram e devem continuar a cair devido a vendas de papéis ligados a commodities. O índice composto cedeu 2,3% e fechou aos 2.167,71 pontos. O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, teve alta de 0,2% e fechou aos 1.121,17 pontos, com compras de papéis que estavam com preços baixos. As informações são da Dow Jones

Leia tudo sobre: bolsa de valoresbolsas asiáticas

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG