Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petróleo e setor de saúde fizeram bolsas subir nos EUA ontem

SÃO PAULO - Em mais um dia de forte volatilidade, as bolsas americanas acabaram se recuperaram e fecharam em alta. Na Europa, as bolsas fecharam sem tendência definida, com alguns mercados subindo e outros caindo.

Valor Online |

Em Nova York, os índices se recuperam das mínimas de cinco anos ontem, puxados por ações de energia e do setor de saúde após o petróleo se recuperar e companhias farmacêuticas divulgarem resultados mais positivos.

O Dow Jones teve alta de 2,02%, a 8.691 pontos. O Standard & Poor´s 500 subiu 1,26%, a 908 pontos. Já o Nasdaq caiu 0,73%, terminando o dia em 1.603 pontos. A sessão manteve a típica volatilidade recente em Wall Street, que balançou as ações em uma faixa de variação de 7%. Foi só nos últimos minutos de negócios que a direção dos negócios se tornou clara.

Em meio a uma frustrante temporada de resultados, as fabricantes de remédios Amgen, Bristol-Myers Squibb e Eli Lilly trouxeram um pouco de alívio com resultados acima do esperado e perspectivas relativamente positivas. Já a alta do barril de petróleo fez subir os papéis de empresas como Exxon Mobil e Chevron.

Existe algo inexplicável acontecendo. As fortes oscilações estão levando a especulações de que alguma coisa está acontecendo e talvez investigações sobre esses movimentos estranhos aconteçam, isso se já não começaram " , disse à agência " Reuters " , Keith Wirtz, vice-presidente de investimento da Fith Third Asset Management.

Na Europa, as ações do setor bancário ficaram entre as que mais caíram ontem. O papel do Credit Suisse, por exemplo, recuaram 4,2%. O banco informou que o quarto trimestre ainda deverá apresentar dificuldades. Os bancos Santander e UBS tiveram perda de 5% em suas ações. No setor automobilístico, as ações da Daimler caíram 1,3%, com a redução em suas previsões de receita e lucro para este ano.

Entre os principais países, a Bolsa de Londres fechou em alta de 1,16%, ficando com 4.087,83 pontos. O índice CAC, da Bolsa de Paris, subiu 0,38%, fechando em 3.310,87 pontos. Já a Bolsa de Frankfurt teve baixa de 1,12%, fechando com 4.519,70 pontos.

(Valor Econômico, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG