SÃO PAULO - Os investidores nas praças de petróleo dividem-se entre o plano americano para salvar o setor financeiro e a debilidade do dólar frente a várias moedas. Os agentes acompanham ainda como está a relação oferta e demanda por produtos energéticos.

Entre as explicações para a elevação dos preços verificada hoje, está a de que o programa de resgate proposto pelo governo dos EUA para o sistema financeiro pode incentivar a economia e, assim, impulsionar a demanda por bens de energia.

Minutos atrás em Nova York, o WTI com entrega em outubro subia US$ 8,10, a US$ 112,65. O vencimento de novembro era transacionado a US$ 109,01, com alta de US$ 6,26.

Em Londres, o Brent com entrega para novembro estava a US$ 105,36, elevação de US$ 5,75. O contrato de dezembro era transacionado a US$ 106,31, com avanço de US$ 5,52.

"(Valor Online, com agências internacionais)"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.