As Bolsas norte-americanas reduziram as perdas - o índice Dow Jones conseguiu virar e migrar para o território positivo - devido ao forte declínio do petróleo - o contrato com vencimento em agosto operava com queda US$ 4,51 (-3,59%), a US$ 126,33 por barril no pregão eletrônico da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês), às 12h15 (de Brasília). O declínio da commodity, por sua vez, é alimentado pela alta do dólar.

Comentários do presidente do Fed da Filadélfia, Charles Plosser, para quem o Federal Reserve (Fed, banco central americano) pode elevar os juros antes da economia norte-americana se recuperar, fizeram a moeda dos EUA virar e subir ante o iene e o euro. No horário já mencionado, o índice Dow Jones subia 0,38%, o Nasdaq caía 0,36% e o S&P 500 operava estável.

Com o petróleo em queda, ações do setor aéreo encontram espaço para subir, caso de Delta Air Lines (valorização de 7,32%), JetBlue (8,23%), de AMR (15,30%), controladora da American Airlines, e de UAL Corp (20,64%), controladora da United Airlines. A UAL Corp e a JetBlue anunciaram prejuízos trimestrais hoje, mas os resultados foram melhores que o esperado.

As ações do banco Wachovia operavam com perda de 2,50% - no pré-mercado, os papéis chegaram a cair mais de 7%. O banco norte-americano migrou para prejuízo de US$ 8,66 bilhões (US$ 4,20 por ação) no segundo trimestre de um lucro de US$ 2,34 bilhões (1,22 por ação) em igual período do ano anterior. No período, o Wachovia registrou baixas contábeis de US$ 6,1 bilhões.

Já as ações da companhia de entregas UPS, que declinavam no pré-mercado, viraram e subiam 3,09%, apesar de o lucro ter caído. No segundo trimestre, a empresa lucrou US$ 873 milhões (US$ 0,85 por ação) - o resultado por ação bateu com a estimativa de analistas consultados pela Thomson Reuters.

Também subiam (2,61%) os papéis da fabricante de equipamentos Caterpillar. O lucro por ação no segundo trimestre subiu 40% em comparação ao ano passado, para US$ 1,74, um recorde.

No setor de tecnologia, Apple recuava 8,10%. A fabricante do iPhone disse ontem, após o fechamento do mercado, que estima lucro de US$ 1,00 por ação no quarto trimestre fiscal, menos que o US$ 1,24 por ação previsto por analistas. No terceiro trimestre fiscal, o lucro da Apple subiu 31%, a US$ 1,07 bilhão.

Yahoo!, cujo balanço trimestral deve sair após o fechamento, cedia 3,18%.

Texas Instruments recuava 14,31%. O lucro da fabricante de chips caiu 4% no segundo trimestre, para US$ 588 milhões (US$ 0,44 por ação). Analistas esperavam lucro por ação de US$ 0,45. A companhia disse ainda esperar lucro por ação entre US$ 0,41 e US$ 0,47 no terceiro trimestre, menos que os US$ 0,51 projetados por analistas consultados pela FactSet. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.