Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petróleo despenca US$ 4 e fecha abaixo de US$ 50 o barril

SÃO PAULO - Os preços dos contratos futuros de petróleo caíram pelo quinto dia seguido nesta quinta-feira, levando a commodity a ser negociada abaixo dos US$ 50 o barril, nível mais baixo desde maio de 2005. A falta de um acordo no Congresso dos EUA sobre um pacote de ajuda ao setor automotivo contribui para elevar a preocupação com o nível de demanda por combustíveis, que vem derrubando o preço do óleo cru nos últimos meses.

Valor Online |

O contrato de WTI para dezembro próximo caiu US$ 4,00, para US$ 49,62. O vencimento de janeiro de 2009 fechou a US$ 49,42, com recuo de US$ 4,68. Em Londres, o barril de Brent para janeiro declinou US$ 3,64, para US$ 48,08. O vencimento para fevereiro encerrou negociado a US$ 49,79, com desvalorização de US$ 3,70.

Entre as notícias do dia, os pedidos de seguro desemprego nos EUA atingiram o nível mais alto desde julho de 1992, o que ajudou a minar os ânimos dos investidores.

Nos mercados acionários, a perspectiva cada vez maior de que o efeito da crise financeira terá graves consequências sobre a economia real fez os indicadores tombarem mais de 5%. Esse tipo de evento faz os agentes do setor de petróleo verem como uma tendência o dado divulgado ontem pelo Departamento de Energia dos EUA, de alta nos estoques e de queda na demanda. O consumo de combustíveis nas últimas quatro semanas foi de 19,1 milhões de barris por dia nos EUA, queda de 7% ante igual período do ano passado.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG