Os contratos futuros de petróleo, negociados no mercado internacional, operam em queda superior a 1% hoje, tanto em Londres quanto em Nova York, ainda em reação ao fortalecimento do dólar ante as principais moedas estrangeiras e às persistentes preocupações de que o consumo global da matéria-prima (commodity) poderá diminuir como resultado da desaceleração econômica. Por volta das 8 horas (de Brasília), o contrato futuro do petróleo tipo WTI com vencimento em setembro caía 1,43%, a US$ 113,36 por barril, na sessão eletrônica da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês).

Em Londres, na Bolsa Intercontinental (ICE), o contrato futuro do petróleo tipo Brent com vencimento em outubro recuava 1,39%, a US$ 112,10 o barril. No mesmo horário, o euro caía 0,4% a US$ 1,4716.

"O mercado parece continuar se sentindo sob pressão pelas preocupações com a demanda. A trégua da Geórgia com a Rússia parece se manter e o contínuo fortalecimento do dólar contra a libra e o euro pesa muito nesse mercado", disse James Roddy, da ODL Securities.

Segundo analistas, os investidores também acompanha um sistema climático de baixa pressão no Atlântico, onde, segundo o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC, na sigla em inglês), há uma alta probabilidade de se formar um ciclone tropical. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.