Os contratos futuros de petróleo, negociados no mercado internacional, operam em baixa hoje, tanto em Londres quanto em Nova York, diante das incertezas acerca do futuro do programa de ajuda de US$ 700 bilhões para o setor financeiro americano. Embora as negociações em torno do plano devam ser retomadas ainda esta manhã, há agora uma expectativa crescente de que o pacote terá de ser revisado para conseguir a aprovação de todas as partes.

Há também dúvidas de que, mesmo se aprovada como está hoje, a proposta contribuirá de alguma maneira para elevar a demanda física por petróleo, tendo em vista que o cenário econômico continua fraco. "Esse é um plano de resgate para evitar um colapso do sistema financeiro e não para estimular a economia. O impacto do programa sobre a economia será lento e não vai imediatamente fazer com que o motorista americano volte à estrada", disse o diretor gerente da consultoria suíça Petromatrix, Olivier Jakob.

Às 9h10 (de Brasília), o contrato futuro do petróleo tipo WTI com vencimento em novembro caía 1,97% a US$ 105,89 o barril, na sessão eletrônica da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês). Em Londres, o contrato do petróleo tipo Brent com mesmo vencimento cedia 1,63% a US$ 102,90 o barrill. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.