Os contratos futuros de petróleo, negociados no mercado internacional, devolvem hoje parte da forte alta de ontem, quando subiram cerca de 5% tanto em Londres quanto em Nova York, e operaram em baixa, na esteira da recuperação do dólar. Além disso, o mercado continua olhando os fatores geopolíticos, especialmente para perspectivas de aumento na tensão entre a Rússia e o Ocidente, por conta da Geórgia e do acordo fechado para instalação de escudos antimísseis americanos na Polônia.

Hoje a Rússia começou a retira suas tropas de Gori, na Geórgia, com as forças voltando para a fronteira com a Ossétia do Sul, posição anterior à invasão desse território por forças georgianas no início de agosto. O Parlamento separatista da Ossétia do Sul pediu formalmente à Rússia para reconhecer a independência da região.

Às 8h34 (de Brasília), o contrato futuro do petróleo WTI com vencimento em outubro caía 0,80% para US$ 120,21 o barril na sessão eletrônica da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês). Em Londres, o contrato futuro do petróleo tipo Brent com mesmo vencimento cedia 0,85% para US$ 119,14 o barril. No mesmo horário, o euro cedia 0,27% a US$ 1,4831. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.