O preço dos contratos futuros do petróleo são negociados em baixa, após atingirem o menor nível desde outubro, pressionados pela valorização do dólar com a divulgação de indicadores econômicos positivos nos Estados Unidos. Às 13h53 (de Brasília), o contrato futuro do petróleo tipo WTI com vencimento em janeiro negociado na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês) caía 0,79%, para US$ 69,98 por barril, mas chegou a tocar US$ 69,58 por barril - menor nível desde 7 de outubro, quando o barril fechou a US$ 69,57.

Em Londres, o contrato futuro do petróleo tipo Brent recuava 0,38%, para US$ 71,59 por barril. No mesmo horário, o euro caía para US$ 1,4604, de US$ 1,4729 no fechamento de ontem, enquanto o dólar subia para 89,75 ienes, de 88,21 ienes ontem.

O Departamento de Comércio dos EUA anunciou que as vendas no varejo cresceram a um ritmo quase duas vezes maior que o previsto em novembro e a Universidade de Michigan divulgou que o índice de confiança do consumidor norte-americano saltou de 67,4 pontos em novembro para 73,4 pontos em dezembro, em dado preliminar.

Ambos os indicadores apontam uma tendência de crescimento no consumo - força motriz da economia do país - e alimentam a perspectiva de que a recuperação norte-americana aumenta o risco inflacionário e, com isso, as chances de o Federal Reserve (Fed, banco central norte-americano) elevar a taxa básica de juro. Isto impulsiona o dólar. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.