Tamanho do texto

Os contratos futuros de petróleo acentuaram a queda depois que os dados sobre estoques de petróleo e gasolina nos EUA mostraram aumento acima do esperado, indicando que a demanda continua enfraquecendo. Às 12h50 (de Brasília), o contrato com vencimento em novembro na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês) era negociado em baixa de 6,75%, a US$ 69,51 por barril, depois de furar para baixo a marca de US$ 70 pela primeira vez desde agosto de 2007.

Os estoques de petróleo nos EUA aumentaram 5,611 milhões de barris na semana encerrada em 10 de outubro, para um total de 308,198 milhões de barris, informou o Departamento de Energia (DOE) dos EUA. Os estoques de gasolina subiram 6,973 milhões de barris.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) antecipou em quase um mês, para 24 de outubro, sua reunião para discutir o rápido enfraquecimento da demanda global. Mas, fora uma grande surpresa, a Opep pouco poderá fazer para reverter o declínio dos preços, disseram analistas. As informações são da agência Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.