Os contratos futuros de petróleo, negociados no mercado internacional, operam em queda na manhã de hoje, tanto em Londres quanto em Nova York, em meio ao medo de recessão que derruba as bolsas européias e às preocupações de que o consumo da matéria-prima (commodity) irá diminuir. Enquanto monitoram o desempenho dos mercados acionários, investidores aguardam os dados semanais sobre estoques da commodity e seus derivados nos Estados Unidos, que serão divulgados hoje, às 11h35 (de Brasília).

A expectativa é de aumento dos estoques de petróleo, gasolina e destilados.

Às 9h15 (de Brasília), o contrato futuro do petróleo tipo WTI com vencimento em novembro caía 1,65% a US$ 73,30 o barril, na sessão eletrônica da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês). Em Londres, o contrato do petróleo tipo Brent com mesmo vencimento recuava 3,06% a US$ 68,3 o barril. Mais cedo, os futuros do petróleo tipo Brent negociados na Bolsa Intercontinental (ICE), em Londres, recuaram para abaixo dos US$ 68 o barril, para o seu menor nível desde o fim de março de 2007. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.