Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petróleo Brent fecha com baixa de US$ 0,57 em Londres

Londres, 14 jul (EFE) - O petróleo Brent, de referência na Europa, caiu hoje US$ 0,57 ao fim do pregão na Bolsa Intercontinental de Futuros de Londres (ICE Futures, em inglês), mas se manteve em preços máximos devido ao temor de uma interrupção do fornecimento da commodity. O barril do Brent para entrega em agosto terminou o dia a US$ 143,92, cerca de US$ 0,57 a menos que no fechamento da jornada anterior. A evolução do petróleo não foi muito afetada pelo anúncio, hoje, do presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, de levantar o veto do Governo às prospecções petrolíferas em alto-mar, uma medida que procura lutar contra os altos preços do petróleo, mas cujo alcance é, principalmente, simbólico.

EFE |

Segundo os analistas, o temor de uma falta de fornecimento, em relação principalmente a Irã, Brasil e Nigéria, manteve o Brent em torno da barreira dos US$ 144, embora a recuperação da moeda americana frente a outras divisas tenha feito com que chegasse a cair até US$ 142,45 durante a jornada.

No Brasil, a greve de cinco dias iniciada hoje pelos filiados ao Sindicato de Petroleiros do Norte Fluminense (Sindipetro-NF) na Bacia de Campos afetou 7% da produção da Petrobras, segundo a empresa, e os sindicatos, que dizem ter reduzido em 21% a extração, ameaçam estender a paralisação a todo o país.

A tensão entre Irã se manteve hoje depois que o imame do sermão oficial da sexta-feira de Teerã, aiatolá Mohammed Emami Kashani, advertisse de que o país teria uma "resposta forte" a qualquer tentativa de invasão.

Já na Nigéria, os principais grupos militantes disseram na semana passada que planejavam retomar os ataques na região petrolífera do Níger. EFE ep/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG