Tamanho do texto

SÃO PAULO - O possível impacto da tempestade tropical Gustav nas instalações petrolíferas no Golfo do México novamente aflige os investidores e operadores nas praças de petróleo.

Alguns analistas disseram que o foco dos agentes permanecerá no Gustav e em potenciais interrupções na oferta de petróleo ao longo do fim de semana e no começo da semana que vem.

Nesta sexta-feira, o Gustav trouxe chuvas e ventos fortes para a Jamaica e pode ganhar força e chegar à categoria de furacão.

A elevação no preço do petróleo ocorre mesmo com o compromisso da Agência Internacional de Energia e do Departamento de Energia dos Estados Unidos de liberarem as reservas emergenciais de petróleo no caso de um corte significativo no fornecimento no Golfo.

Minutos atrás em Londres, o Brent para outubro subia US$ 1,38, cotado a US$ 115,55. O vencimento de novembro estava a US$ 116,81, com elevação de US$ 1,36.

Em Nova York, o WTI para outubro era transacionado a US$ 118,20, com acréscimo de US$ 2,61.

(Juliana Cardoso | Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.