Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petrobras quer produzir 3,9 mi de barris por dia em 2014

O plano de negócios da Petrobras para o período de 2010-2014 manteve as metas de crescimento para a companhia, numa taxa de 9,4% por ano até 2014 ou 7,1% ao ano até 2020. A meta de produção de petróleo é de 3,9 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe) em 2014 e projeção de 5,4 milhões de boe em 2020.

AE |

O plano de negócios da Petrobras para o período de 2010-2014 manteve as metas de crescimento para a companhia, numa taxa de 9,4% por ano até 2014 ou 7,1% ao ano até 2020. A meta de produção de petróleo é de 3,9 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe) em 2014 e projeção de 5,4 milhões de boe em 2020. Deste volume, em 2014 serão 2,98 milhões de barris de óleo por dia no Brasil e, em 2020, 3,95 milhões de barris de óleo.

No pré-sal, a meta prevê 152 mil barris de óleo em 2014 e 1,183 milhão em 2020. A produção de gás no Brasil deve saltar de 316 mil boe em 2009 para 623 mil boe em 2014 e 1,109 milhão de boe em 2020.

Para este ano, a estatal estabeleceu a meta de 2,723 milhões de boe (7,8% acima de 2009), dos quais 2,1 milhões são de óleo no Brasil (6,5% superior a 2009), 384 mil boe de gás (21,5% a mais), 146 mil barris de óleo em área internacional (3,5% ante 2009) e 93 mil boe de gás internacional (queda de 4,1%).

Refino

A Petrobras prevê, em seu plano de negócios para o período 2010-2014, que a sua capacidade de refino no Brasil passará dos atuais 1,83 milhão de barris por dia (bpd) para 2,3 milhões de bpd em 2014. Segundo a estatal, esse crescimento reflete, principalmente, a entrada em operação da Refinaria Abreu e Lima (PE), da Refinaria Premium I e da primeira fase do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), que neste primeiro momento terá capacidade de processar 165 mil bpd para produção de derivados de petróleo, principalmente o diesel.

Em 2020, a companhia trabalha com uma capacidade de processamento de 3,2 milhões de bpd, com a entrada em operação, após 2014, da Refinaria Premium II e da segunda fase do Comperj, que terá sua capacidade expandida em mais 165 mil bpd para a produção de insumos petroquímicos básicos. Desta maneira, a Petrobras afirma que estará preparada para atender ao aumento da demanda de derivados do mercado brasileiro, que alcançará 2,4 milhões de bpd em 2014 e de 2,8 milhões de bpd em 2020.

Pré-sal

Representando a maior parte dos investimentos da Petrobras (53% do total), a área de exploração e produção (E&P) terá um aumento de 14% em sua receita em relação ao plano anterior, atingindo US$ 118,8 bilhões. Os recursos serão para garantir a descoberta e a apropriação de reservas, maximizar a recuperação de petróleo e gás nas concessões em produção, desenvolver a produção do pré-sal da Bacia de Santos e intensificar o esforço exploratório nas outras áreas da camada e em novas fronteiras no Brasil e no exterior. Somente para o pré-sal serão destinados US$ 30,9 bilhões, dos quais 14% vão para a exploração e 3% para infraestrutura e suporte.

O maior montante (83%) será destinado ao desenvolvimento da produção. A meta é chegar a 2014 já produzindo 152 mil barris por dia no pré-sal, o que deve se elevar para 1,183 milhão em 2020. Segundo a Petrobras, o aumento da produção será sustentado pelo desenvolvimento das áreas do pós-sal, através da instalação de grandes projetos nas áreas de atuação da companhia. Adicionalmente, contempla os investimentos nas áreas do pré-sal já concedidas, que devem ter maior participação na curva de produção no período pós-2014.

Neste contexto, está planejada a entrada em operação de aproximadamente três sistemas de produção por ano, em média, além da média de realização de três testes de longa duração por ano nas áreas do pré-sal. A empresa espera ter a maior disponibilidade de sondas de perfuração para águas profundas no mercado internacional, totalizando 26 sondas até 2014 e 53 até 2020, além de 504 barcos de apoio até 2020 (ante 254 em 2009).

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG