Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petrobras pode usar no Brasil sondas destinadas à operação no exterior

RIO - O diretor de Exploração e Produção da Petrobras, Guilherme Estrella, confirmou hoje que a companhia estuda a possibilidade de utilizar sondas previstas inicialmente para serem operadas pela área internacional nos campos brasileiros. O executivo ressaltou que atualmente a estatal tem encomendada a construção de três unidades, sendo duas na Coréia do Sul e uma na Noruega, que seriam utilizadas no Golfo do México (EUA).

Valor Online |

Porém, o diretor frisou que há estudos sobre a possível utilização doméstica desses equipamentos. Não está decidido, mas está sendo encaminhada a utilização no Brasil, disse Estrella, que recebe homenagem na Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro. De acordo com o executivo, a idéia é não apenas utilizar as unidades no país, mas preferencialmente na área do pré-sal, que tem prevista para 2009 um teste de longa duração no Campo de Tupi, na Bacia de Santos (SP), pelo qual serão produzidos 30 mil barris diários.

Estrella minimizou riscos de aumento de custos na exploração do pré-sal e afirmou que a empresa espera desenvolver um programa exploratório diferente do utilizado na Bacia de Campos (RJ). Segundo ele, não se trata de inovações tecnológicas, mas de uma abordagem diferenciada. Serão diferenças técnicas que nos permitirão maior organização do processo produtivo, com reflexos na diminuição dos custos, ressaltou.

O diretor também disse que a Petrobras ainda depende de mais análises antes de definir a possível ligação entre os reservatórios dos blocos licitados na área do pré-sal, o que acarretaria na unitização das reservas. A unitização é um acordo entre as empresas para definir o quanto de petróleo cada uma terá direito na reserva compartilhada. Há uma primeira impressão de que podemos ter áreas que possam ser unitizadas, mas nada há de seguro ainda, completou Estrella.

(Rafael Rosas | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG