Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petrobras nega interesse na Repsol YPF

Rio de Janeiro, 26 nov (EFE).- A Petrobras negou hoje que esteja interessada em comprar nenhuma participação acionária da petrolífera hispano-argentina Repsol YPF, como foi veiculado ontem na imprensa.

EFE |

Em comunicado enviado à Bolsa de São Paulo para responder a uma consulta da Comissão de Valores Mobílias (CVM), a Petrobras "esclarece que não está em negociação e não existe intenção de compra de participação na referida empresa (Repsol YPF)".

A CVM consultou a Petrobras devido a informações divulgadas ontem pela imprensa de que estaria na lista de interessados em comprar uma participação de 29,9 % da Repsol YPF.

A Lukoil, maior petrolífera privada da Rússia, negocia atualmente fórmulas para ficar com 20% controlados atualmente pela Sacyr-Vallehermoso e tomar uma participação adicional de 9, % de acionistas como Criteria, A Caixa, Caixa Catalunya e A Mútua Madrilena.

No entanto, a operação perdeu fôlego por problemas da companhia petrolífera russa para financiá-la e gerou grande contestação plaa oposição espanhola.

Diante destas dificuldades surgiram os nomes de outras companhias do setor como Eni, Total e da própria Petrobras que poderiam estar interessadas em entrar no capital da Repsol YPF.

No comunicado, o diretor financeiro da Petrobras, Almir Guilherme Barbassa, assinala que a companhia "não confirma a veracidade da notícia em questão".

A companhia, que tem operações em vários países latino-americanos, africanos e na parte americano do Golfo do México, prevê fechar este ano com uma produção média de 1,95 milhões de barris por dia e alcançar os 2,42 milhões de barris em 2012.

A Petrobras ainda tem previsão de investir US$ 112 bilhões até o mesmo ano. EFE joc/jp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG