Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petrobras nega exposição em derivativos de câmbio

SÃO PAULO - A Petrobras divulgou comunicado hoje para informar que não possui posição comprada ou vendida no mercado de derivativos de câmbio. A empresa destacou que possui ativos e passivos no exterior, que estão sujeitos a variação cambial, mas que o saldo líquido é positivo, o que faz com que ela tenha um ganho contábil com a alta do dólar.

Valor Online |

No mercado de derivativos petróleo, a perda atual é de US$ 40 milhões.

Segundo a nota, em 30 de junho a Petrobras tinha ativos referenciados em dólar no valor de R$ 26,9 bilhões e passivos de R$ 18,9 bilhões, resultando em um saldo positivo de R$ 7,7 bilhões.

A estatal esclareceu ainda que a Petrobras Distribuidora tem contratos de hedge (proteção) cambial relacionados com a venda de querosene de aviação (QAV), no valor de US$ 120 milhões, que estão com posição negativa atualmente de US$ 51 milhões. A empresa destaca, no entanto, que a perda financeira deve ser compensada pelo aumento da receita em reais com a venda do QAV com o câmbio atual.

A Petrobras relata ainda que tanto ela quanto suas subsidiárias no exterior realizam operações com derivativos de petróleo na Nymex (barril WTI), na ICE (barril Brent) e no mercado de balcão, "com o objetivo de proteger e agregar valor a suas operações comerciais no exterior".

A empresa diz, no entanto, que o volume de referência é inferior a 35% das cargas físicas movimentadas pela empresa e que a posição, marcada a mercado no dia 9 deste mês, era negativa em cerca de US$ 40 milhões.

A estatal diz ainda que as operações estão dentro da política de risco da companhia.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG