Tamanho do texto

A Petrobras apresentou lucro líquido de R$ 7,355 bilhões no quarto trimestre de 2008, o que representa uma alta de 46% em relação ao mesmo período de 2007. No acumulado do ano, a estatal apresentou lucro recorde de R$ 33,915 bilhões, 58% superior ao verificado em 2007.

Apesar do bom desempenho na última linha do balanço, nos três últimos meses do ano passado a companhia verificou uma queda de 20% na geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações, na sigla em inglês), que somou R$ 9,577 bilhões no intervalo. Em todo o ano passado, o Ebitda da estatal ficou em R$ 57,213 bilhões, um aumento de 14% em relação a 2007.

A receita líquida da Petrobras avançou 39% no quarto trimestre, ante igual intervalo de 2007, atingindo R$ 63,262 bilhões. Nos 12 meses de 2008, a receita somou R$ 232,183 bilhões com evolução de 36%. Os dados consideram o antigo padrão contábil, sem ajustes à Lei 11.638. Com ajuste da lei, o Ebitda reportado em 2008 foi de R$ 57,170 bilhões.

Segundo a companhia, melhores preços médios de realização de petróleo e derivados, o aumento da produção nacional de óleo e gás natural, o maior volume de vendas e o ganho cambial sobre os ativos contribuíram para o desempenho anual.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.