Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petrobras investirá US$ 90 mi na rede da Esso no Chile

A Petrobras vai investir cerca de US$ 90 milhões na distribuição e rede de postos Esso no Chile, adquiridos da ExxonMobil, disse nesta sexta-feira o diretor da área internacional da companhia, Jorge Zelada. Segundo ele, a previsão é de que a troca da bandeira Esso pela da Petrobras ocorra ao longo dos próximos dois ou três anos.

Agência Estado |

 

A estatal anunciou a aquisição da Esso no Chile por um valor de US$ 400 milhões.

Segundo Zelada, não há dívidas da Esso nesta negociação e o desembolso será feito ao longo dos próximos nove meses, tempo que vai durar a fase de transição de uma para outra companhia. Segundo o diretor, a Petrobras tem a intenção de estudar oportunidades de sinergia dos novos ativos, seja expandindo sua atuação no Chile, seja com oportunidades de parcerias com outros países. Zelada negou que a empresa esteja negociando ativos da Esso no Uruguai e também disse que a companhia não tem intenção de entrar no refino no Chile.

Ele admitiu, porém, que a Petrobras pode estudar a utilização da base de distribuição chilena para a exportação de derivados para outros países. Hoje, segundo o executivo, do total exportado pela Petrobras em óleo e derivados, 10% é destinado ao Chile. "Temos uma excelente parceria com a Enap (única refinadora no país) e pretendemos expandir nossas relações", disse, negando que haja intenção da companhia de exportar óleo diretamente para sua área de distribuição. "Temos necessariamente que passar pela Enap."

Os ativos adquiridos pela Petrobras hoje no Chile compreendem 230 postos que vendem cerca de 74 milhões de litros de combustíveis por mês, mais uma unidade industrial que comercializa 40 milhões de litros de óleo diretamente com grandes consumidores e outra base de distribuição de 20 milhões de litros de querosene de aviação para companhias aéreas em 11 aeroportos no Chile. Além disso também constam nos ativos adquiridos quatro terminais próprios e dois em pool (associação com outras empresas).

Leia mais sobre Petrobras

Leia tudo sobre: petrobras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG