Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petrobras garante que sondas serão entregues dentro do prazo

RIO - O diretor de Exploração e Produção da Petrobras, Guilherme Estrella, afirmou que os prazos para entrega das 12 sondas contratadas pela estatal para perfuração em águas ultraprofundas serão respeitados. Recentemente, algumas empresas que venceram a licitação para construção e afretamento dos equipamentos à Petrobras confirmaram dificuldades na engenharia de financiamento e em alguns casos houve decisão de fechar a captação de recursos apenas no ano que vem.

Valor Online |

" Os prazos estão garantidos " , frisou Estrella, garantindo que os equipamentos entrarão em operação no tempo previsto, a partir de 2012, e que os contratos fechados para construção dessas sondas não serão renegociados sob o argumento da queda dos preços do petróleo no mercado internacional. " São contratos já assinados. O problema do preço do petróleo é pontual e nós temos que pensar em médio e longo prazo " , acrescentou o diretor.

Estrella evitou confirmar o valor dos investimentos necessários para a exploração do pré-sal e afirmou que a companhia não tem preocupações sobre os recursos para o desenvolvimento da região. Para Estrella, as reservas abaixo da camada de sal existente no litoral brasileiro garantirão escala inclusive para o crescimento da indústria brasileira, com produção de equipamentos como turbinas.

" Estamos revendo o plano para nos ajustar ao novo cenário internacional e não vai ter problema nenhum. Não vai faltar dinheiro. O pré-sal vai fornecer a escala para que nós possamos fomentar a fabricação no Brasil " , destacou Estrella.

A produção no pré-sal começou este ano, com a perfuração de um poço abaixo da camada de sal no campo de Jubarte, na Bacia de Campos, no litoral do Espírito Santo. Para o ano que vem está previsto o início do Teste de Longa Duração em Tupi, na Bacia de Santos, com a produção de 30 mil barris diários. Em 2010 será a vez do projeto-piloto, com 100 mil barris diários e 4 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia.

(Rafael Rosas | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG