Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petrobras estimula novo estaleiro no Rio

O governo do Estado do Rio negocia com a Companhia Docas do Rio de Janeiro uma área contígua ao Porto de Itaguaí para a construção de um novo estaleiro. A área será leiloada para empresas interessadas em abocanhar parte das encomendas de navios e plataformas da Petrobras previstas para os próximos anos.

Agência Estado |

Com o novo canteiro, o governo pretende ainda manter no Estado os nove navios contratados pela Transpetro junto ao consórcio Rio Naval.

A utilização da área, de 1,4 milhão de metros quadrados, como estaleiro foi aprovada na semana passada e deve ser licitada em até dois meses. Além da construção naval, o local poderá ser usado como base de apoio para atividades petrolíferas em alto-mar. "É um projeto importante, para que o Rio tenha um estaleiro de 3ª geração", diz a subsecretária de desenvolvimento do Estado, Renata Cavalcanti.

A escassez de espaços disponíveis no Rio pode levar à suspensão do contrato assinado entre Transpetro e Rio Naval para a construção de nove embarcações da primeira fase do programa de renovação de frota da estatal. O consórcio, formado pelos grupos MPE e Sermetal, não obteve sucesso nas negociações por um terreno pertencente ao grupo Ishibrás no Caju, zona portuária do Rio, e corre o risco de perder o contrato, superior a US$ 1 bilhão. Segundo o presidente da Transpetro, Sérgio Machado, o impasse deve ser resolvido até o fim de setembro. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia tudo sobre: petrobras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG