Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petrobras e Petroperú poderiam colaborar para melhorar infra-estrutura

Lima, 18 set (EFE).- A associação entre a Petrobras e sua equivalente peruana, a Petroperú, é uma alternativa para realizar o projeto de ampliação do Oleoduto Norperuano e a modernização do centro de armazenagem de Bayóvar, informaram hoje funcionários peruanos.

EFE |

Em declarações à agência oficial "Andina", o presidente da Petroperú, César Gutiérrez, disse que a cooperação entre ambas as empresas para formar um consórcio denominado Perubras serviria para comercializar petróleo na área do Pacífico e impulsionar o desenvolvimento de "novos empreendimentos no setor petroquímico".

Gutiérrez explicou que a ampliação do Oleoduto Norperuano permitirá extrair o petróleo pesado que fica na região da selva de Loreto, perto da fronteira brasileira.

Neste sentido, o presidente da companhia petrolífera disse que estão dispostos a se associar "para a construção da nova infra-estrutura na qual a Petroperú deve ser a operadora".

Além disso, na modernização da terminal marítimo de Bayóvar, localizado na província de Piura (norte), a Petrobras poderia participar da ampliação de sua capacidade de armazenagem para 10 ou 12 milhões de barris de petróleo e aproveitar seu potencial para comercializá-los no sudeste asiático.

Gutiérrez destacou que a Petroperú já trabalha com sucesso na associação com outras empresas de prestígio mundial, como a empresa colombiana Ecopetrol, com a qual colabora na prospecção petrolífera na região do Amazonas.

Além disso, o diretor destacou que a Petroperú já assinou alianças estratégicas para a prospecção com as gigantes petrolíferas China National Petroleum Corp. (CNPC) da China, Pluspetrol da Argentina, Reliance Industries Limited (RIL) da Índia e Discover Petroleum da Noruega. EFE amr/ma

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG