RIO - Os presidentes da Petrobras, José Sergio Gabrielli, e da estatal venezuelana PDVSA, Rafael Ramirez, finalizaram nesta terça-feira o texto do acordo de acionistas para constituição da sociedade entre as companhias na refinaria Abreu e Lima, que está sendo construída em Pernambuco. O estatuto social da nova empresa também foi aprovado.

"Os presidentes acertaram durante o encontro de Manaus que, para a assinatura formal do Acordo de Acionistas, será necessária a conclusão das etapas previstas para o fechamento do negócio, entre elas o contrato comercial de compra e venda do petróleo venezuelano e brasileiro que abastecerá a refinaria", diz a nota divulgada pela Petrobras.

Outra condição para a assinatura do acordo de acionistas será a certificação dos investimentos já realizados pela Petrobras no empreendimento até o momento. Essa certificação será feita por uma empresa independente, em processo de contratação pela Petrobras e PDVSA.

Leia mais sobre Petrobras

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.