Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petrobras e Eni ampliam colaboração aos setores de gás e biocombustíveis

Roma, 2 jul (EFE).- A Petrobras e a petrolífera italiana Eni renovaram seu memorando de entendimento para estudar iniciativas estratégicas nos negócios de produção e refino de petróleo, no qual incluíram também a realização de análise conjuntas relacionadas ao gás natural e aos biocombustíveis.

EFE |

O acordo foi assinado hoje pelo presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, e pelo executivo-chefe da Eni, Paolo Scaroni, dentro do 19º Congresso Mundial do Petróleo, realizado em Madri.

O entendimento contempla a realização de estudos para estimar as reservas de gás descobertas pela Eni nos campos off-shore da Bacia de Santos (São Paulo).

Além disso, prevê que as duas empresas façam análises conjuntas sobre a produção e comercialização de biocombustíveis no Brasil e em outros países, dando especial atenção à sustentabilidade social e ambiental dos projetos.

O novo acordo renova o memorando de entendimento alcançado pelas duas empresas em março de 2007, para avaliar conjuntamente iniciativas estratégicas integradas de produção (upstream), e refino e comercialização (downstream) de petróleo.

A Eni se comprometeu a oferecer à Petrobras sua tecnologia Eni Slurry Technology (EST) para a conversão dos resíduos e do petróleo pesado que extraídos no Brasil, afirma a companhia italiana em comunicado.

O Brasil dispõe atualmente de reservas comprovadas de petróleo de cerca de 11,5 bilhões de barris e 320.000 metros cúbicos de gás natural, números que podem aumentar, após as recentes descobertas off-shore em campos como o bloco de Carioca/Guará, cuja magnitude ainda não se sabe com exatidão. EFE cr/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG