Tamanho do texto

Nova York - A Petrobras é a maior empresa brasileira, segundo a lista das 500 maiores companhias do mundo elaborada pela revista Fortune, a qual toma como base o faturamento das firmas.

A companhia brasileira ficou na 63ª posição, com faturamento de US$ 87,735 bilhões e lucro de US$ 13,138 bilhões em 2007.

As outras companhias brasileiras no ranking são o Banco Bradesco (204º lugar), Vale (235º), Itaúsa-Investimentos Itaú S.A. (273º) e Banco do Brasil (282º).

A rede de supermercados Wal-Mart ocupa, por mais um ano, o topo da lista, enquanto a segunda e a terceira posições ficaram com as petrolíferas ExxonMobil e Royal Dutch Shell.

O faturamento da gigante americana dos supermercados em 2007 foi de US$ 378,799 bilhões, o que gerou lucro anual de US$ 12,731 bilhões.

As vendas da Wal-Mart, segundo a "Fortune", aumentaram 17% em 2007.

Entre as dez primeiras empresas dessa lista, publicada anualmente pela "Fortune", há seis petrolíferas, beneficiadas pelo aumento do preço do petróleo.

Também estão entre as dez primeiras colocadas a montadora japonesa Toyota Motor, na 5ª posição, e a General Motors, na 9ª, assim como o banco holandês ING, em 7º lugar.

A lista das dez maiores empresas é a seguinte:

1 - Wal-Mart : Faturamento de US$ 378,799 bilhões

2 - ExxonMobil : Faturamento de US$ 372,824 bilhões

3 -  Royal Dutch Shell : Faturamento de US$ 355,782 bilhões

4 - BP : Faturamento de US$ 291,438 bilhões

5 - Toyota : Faturamento de US$ 230,201 bilhões

6 - Chevron : Faturamento de US$ 210,783 bilhões

7 - ING Group : Faturamento de US$ 201,516 bilhões

8 - Total : Faturamento de US$ 187,280 bilhões

9 - General Motors : Faturamento de US$ 182,347 bilhões

10 - ConocoPhillips : Faturamento de US$ 178,558 bilhões

Brasil:

63 - Petrobras : Faturamento de US$ 87,735 bilhões

204 - Banco Bradesco : Faturamento de US$ 36,119 bilhões

235 - Vale : Faturamento de US$ 32,242 bilhões

273 - Itaúsa-Investimentos Itaú S.A. : Faturamento de US$ 28,972 bilhões

282 - Banco do Brasil : Faturamento de US$ 28,605 bilhões

Leia mais sobre empresas brasileiras