SÃO PAULO - A Petrobras comunicou que o consórcio formado pela estatal (63% - operadora) e Repsol (37%), para a exploração do Bloco BM-S-7, informou que a perfuração do poço 6-BRSA-661-SPS (6-SPS-53), localizado em águas rasas da parte sul da Bacia de Santos (SP), comprovou a presença de espessa coluna de gás em reservatórios acima da seção salífera.

Segundo comunicado da empresa, este poço está localizado a cerca de 210 Km a sudeste da cidade de Santos, na costa do Estado de São Paulo, em lâmina d'água de 214 metros.

Sua perfuração faz parte das atividades exploratórias do Plano de Avaliação do poço 1-BSS-68, aprovado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), que havia constatado a presença de gás em reservatórios arenosos da seção pós-salífera.

O consórcio dará continuidade às atividades exploratórias através da realização de testes de formação a serem realizados nos intervalos de gás já constatados, quando então será possível declarar a comercialidade desta jazida.

A empresa diz que a descoberta tem grande importância devido ao potencial de produção de gás em águas rasas no sul da Bacia de Santos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.