Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petrobras ainda não decidiu como atuar no Equador, diz diretor

RIO - O diretor da área internacional da Petrobras, Jorge Luiz Zelada, afirmou que a empresa ainda não tem uma avaliação sobre o contrato apresentado pelo governo do Equador sobre a atuação da companhia no país. Ontem, o ministro equatoriano de Minas e Petróleo, Galo Chiriboga, havia informado que a estatal brasileira aceitara os termos do contrato de prestação de serviços apresentado pelo governo local.

Valor Online |

Hoje Zelada foi na direção contrária e deixou claro que a estatal mantém conversas com o governo equatoriano, mas ainda nem sequer analisou tal contrato. A empresa detém direitos para operar dois campos no país, o campo 18 e o campo 31.

Nós temos reuniões com eles e estamos trabalhando um contrato que será apresentado. A Petrobras é uma operadora, em princípio ela não é uma empresa de prestação de serviços, mas existem diversas nuances e ainda não tomamos conhecimento exatamente do tipo e dos detalhes desse contrato, disse Zelada, que anunciou hoje a aquisição dos ativos de distribuição de combustíveis da ExxonMobil no Chile, por US$ 400 milhões.

(Rafael Rosas | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG